segunda-feira, março 07, 2011


Para sempre, nunca mais.

4





Quando tudo acaba percebemos que aquele não é o fim que desejamos, mas que fim que é desejado? Tudo que queremos é que dure para sempre. Esperamos pelo final feliz que não é final coisa nenhuma, é só um casal correndo livre em um campo cheio de flores.
Desde crianças somos alimentados com babaquices que nos falam sobre um mundo perfeito. Meninas veem contos de fadas e meninos crescem rodeados de carrinhos da hot wheels que sobem paredes. Mas nossos carros não sobem paredes, nem nós, nossos amores até tentam, mas logo caem, quebram a cara e o coração na tentativa de “durar para sempre”, nossos sonhos, estes, podem até subir paredes, mas têm que segurar firme para não cair e só Deus sabe os estragos que fariam aqui embaixo. E olha que muitos tentam derrubá-los.
Somos, desde crianças, ensinados a não aceitar nada que venha de estranhos, mas quem é que conhece o amor quando ele aparece pela primeira vez? Aprendemos a agradecer quando algo nos é dado, mesmo que não seja o presente que desejávamos, mas raros os que lembram de agradecer um amigo quando queriam um amor.
Tentamos ser diferentes, mas estamos todos entregues ao óbvio. Toda menina quer ser despertada de seu leito por um príncipe encantado. Todo garota espera a menina que calçará seu sapato de cristal. E todo mundo espera um feliz depois do final.
Não tem. Não tem final que seja feliz, não tem príncipe que aguente bafo de defunto, não tem ninguém com o pé tão diferente para ser o único em todo um reino e não tem para sempre.
Uma vida de para sempres é sem graça. Imagine, dois melhores amigos, um de cada sexo, para sempre, acompanhados de seu primeiro amor para toda a eternidade. Para sempre também seria seu primeiro emprego, aquele que você ganhava um salário mínimo, e seu primeiro apartamento, pequeno demais até pra você sozinha.
Correr, mesmo em um campo de flores, cansa, e quando cansa a gente poe um ponto final - sem feliz- e toca a vida.
O que tem que ter é coragem. Coragem para despertar sozinha, coragem para jogar o sapato de cristal e deixar os pedaços se quebrarem atrás de você e, principalmente, coragem para aceitar que tudo um dia chega ao fim, mas se acabou é para abir espaços para novos começos.

4 comentários:

... disse...

adorei seu blog
acho ki era tudo ki eu estava precisando ler essa noite
keria seguir, mas ñ tow achando a janela, vc desativou?


http://www.diariodagarotadevariasfaces.blogspot.com/
sigo quem me segue e retribuo comentários

Jéssica disse...

Brigada *-*
IiH, não sei, não fui ei que fiz o template né hehe, amanhã eu vou arrumar isso.

Laysadyoliveira disse...

quueeee lindo meu, ta de parabens viu *--*

ó, ta tendo promoção la no meu blog : http://avontadee.blogspot.com/2011/03/parceriapromocao.html
da uma passada la! :D
bjoo =*

Fabi disse...

durar para sempre é bom... mas acabar para começar de novo é otimo.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...